JOHN PIZZARELLI

» Aconteceu

JOHN PIZZARELLI

18 de maio de 2014


A Opus Promoções anuncia quatro shows do músico John Pizzarelli no Brasil em maio. O cantor e guitarrista fará apresentações no Rio de Janeiro (dia 15 no Teatro Bradesco), Natal (dia 17 no Teatro Riachuelo), Recife (dia 18 de maio no Teatro RioMar) e Porto Alegre  (dia 22 de maio no Teatro do Bourbon Country). O último show da turnê do artista no país, na capital gaúcha, faz parte do Bourbon Street Festival 20 anos.

 

Pizzarelli começou a tocar violão aos seis anos, seguindo a tradição do pai. Músicos como Benny Goodman, Les Paul, Zoot Sims, tiveram grande influência sobre o seu trabalho. Em 1990, fez várias turnês tocando em clubes e salas de concertos, abrindo shows para nomes como Dave Brubeck, Ramsey Lewis e Rosemary Clooney.

 

Em 1993, abriu a turnê internacional de Frank Sinatra e, em seguida, juntou-se na celebração de seu 80º aniversário no Carnegie Hall, cantando “I Don’t Know Why I Love You Like I Do”, junto com o pai Bucky Pizzarelli. Além dos discos gravados com Bucky e com a esposa, Jessica Molaskey, gravou cerca de 26 CDs, entre eles, um com Rosemary Clooney, chamado “Brasil”, e outro de bossa nova, lançado em 2004.

 

Para Pizzarelli, porém, seu herói e inspirador é Nat "King" Cole, e a comparação com o ídolo é o maior dos elogios. “Considero que somos uma extensão, uma versão século 21 do que era esse grupo”. Pizzarelli dedicou dois álbuns, “Dear Mr. Cole”, e “PS Sr. Cole”, à música deste grande ícone da música americana.

 

O CD “Meet the Beatles”, um dos mais populares da carreira de Pizzarelli, atraiu muitos novos ouvintes para o gênero jazz. Outros clássicos, como “Dear Mr. Sinatra”, “Tribute a Duke Elington” reafirmaram a importância do cantor e guitarrista no cenário do jazz.

 

Além do enorme talento como músico, intérprete e guitarrista, Pizzarelli é um showman, que une técnica, emoção e humor, proporcionando entretenimento da melhor qualidade às mais exigentes e seletas audiências. Seu profissionalismo e respeito ao público, unido à naturalidade com que conduz as apresentações, cria uma empatia imediata nos mais diversos ambientes. Seguindo os ensinamentos do pai, Pizzarelli tem como fundamento que, seja o onde for o show, tenha o público que tiver, um, ou milhares na audiência, a apresentação sempre acontecerá como sendo um grande show.

 

Como bem descreveu um crítico da Jazz Times: “gaste cinco minutos com Pizzarelli e você vai apreciar plenamente o seu inimitável calor, humor e generosidade de espírito”. 

» Compartilhe:

» Comentários

Nenhum comentário postado até o momento.

» Eu fui

Nenhuma foto enviada até o momento.

» Calendário de Eventos

» Newsletter

Cadastre-se para receber nossa newsletter e participar de promoções.

Nome:

Email:

© 2019 Opus Promoções